top of page
buzio_red (sem letras).png
buzio_red%20(s%C3%B3%20logo)_edited.png

Em terra seca

Búzios

Rainha dos Mares
Jogos e brincadeiras com música

Ficha Artística e Técnica

Intérpretes/Criadores

Antony Fernandes

Carmina Repas Gonçalves

André Rodrigues

Joana Leite Castro

Tiago Manuel Soares

Professores colaboradores

Ana Escudeiro
Graciela Jarimba 

Helena Camacho
João Camacho

 

Secretaria Regional da Educação
EB1/PE e Creche de Santo Amaro
Diretora
Énia Freitas

Captação e edição de imagem

Abel Andrade

 

Captação, edição e montagem de som

Daniel Santos

Elaboração de conteúdos pedagógicos

Carmina Repas Gonçalves

Direção Artística e produção

Projecto Cardo

Músicas

Retiradas do livro “Brinquedos Tradicionais

Cantados” de Maria Lígia Lopes Brasão

 

  • A barca virou

  • Galinha pintada

  • Rainha dos mares

  • Ai lim, ai lim, ai lé

Agradecimentos

Câmara Municipal do Funchal

Associação Musical e Cultural Xarabanda

RUi Camacho

Pessoal docente e não docente da EB1/PE e Creche de Santo Amaro

Encarregados de Educação de todas as crianças participantes

PATRIRAM/Quinta Magnólia
DRC/Torre do Capitão

Filmado em:

Funchal, Madeira

EB1/PE de Santo Amaro

Parque de Santa Catarina

Torre do Capitão

Jardim Quinta da Magnólia

Jardim Botânico da Madeira

Apoio

Câmara Municipal do Funchal

Associação Musical e Cultural Xarabanda

Direção Geral das Artes

República Portuguesa

Alunos participantes

 

1º ano

Alice Oliveira

Bernardo Dias

Bernardo Ferreira

Carlos Costa

Carolina Castro

Carolina Rodrigues

Clara Vieira

Davi Fonseca

Edna Doriana

Emília Gouveia

Francisca Sousa

Ismael Nunes

João Afonso Nóbrega

João Lucas Gonçalves

Leandro Leal

Leonardo Faria

Leonor Freiras

Leyla Sá

Lourenço Gouveia

Luana Souza

Margarida Silva

Maria Beatriz Fernandes

Matheus Ferreira

Matilde Vasconcelos

Nuno Fernandes

Oleksandr Holihevskyi

Sabrina Moniz

Santiago Fernandes

Santiago Rodrigues

Santiago Vasconcelos

Sara Bernardo

Tiago Garanito

Tomás Ribeiro

Yasmin Roseira

2ª ano

Alexandre Freitas

Ana Cátia Serrano

Ariadna Tovar

Clara Tavares

Diego Pinto

Élia Lira

Helena Costa

Kiara Rodrigues

Leonardo Camacho

Lourenço Silva

Luana Silva

Lucas Rebolo

Miguel Rodrigues

Milan Pinzon

Miriam Sousa

Naiara Caroto

Núria Barros

Rodrigo Camacho

Yara Rodrigues

3º ano

Alexandru Lungu

Alicia Oliveira

Bruna Freitas

Caio Mendonça

David Vieira

Diego Paulos

Eduardo Silva

Eduardo Turini

Erika Miranda

Gustavo Gouveia

João Guilherme Fernandes

João Rodrigo

Joaquim Sousa

Kelly Tavares

Leonor Castanha

Leonor Tavares

Luana Silva

Luís Vieira

Maria Inês Escórcio

Marisa Santos

Martim Maciel

Matheus Gouveia

Matias Ferreira

Paloma Henriques

Patrícia Luís

Ricardo Correia

Salvador Abreu

Santiago pimenta

Taíssa Gonçalves

Tamara Serrão

Tomás Gonçalves

Victória Franco

Yara Caetano

4º ano

Ana Leonor Quintal

Beatriz Pestana

Bianca Rodrigues

Catarina Gouveia

Diego Azevedo

Henrique Sousa

Iara Abreu

João Camacho

João Guilherme Gonçalves

Kelly dos Santos

Leonardo Fernandes

Leonor Castro

Lourenço Henriques

Luana Beatriz

Luana Souza

Malam Nhabali

Martim Camacho

Martim Teles

Mellissa Jesus

Paulo Pestana

Pedro Sousa

Rui Santos

Salvador Almada

Simão Freitas

Telmo Abreu

Vasco Rodrigues

Verónica Branco

Yara Matilde

Objetivos específicos

  • Aprender canções para brincar

  • Explorar conteúdos musicais dentro da brincadeira

  • Encontrar estratégias para potenciar as características de cada canção

  • Contactar com o repertório tradicional madeirense para crianças

Este vídeo foi filmado na cidade do Funchal (Ilha da Madeira) na EB1/PE e Cresce de Santo Amaro com a participação de todas as turmas e com o apoio dos professores titulares de música. Selecionámos 4 canções tradicionais que retirámos do livro “Brinquedos Tradicionais Cantados” de Maria Lígia Lopes Brasão e atribuímos uma a cada ano de escolaridade. Cada canção tem uma utilidade diferente (que aparece descrita no livro) e nós aproveitámos essas características e potenciámo-las tornando-as mais desafiantes e ricas para abarcarem mais conteúdos musicais. Em todas elas podem e devem explorar outras expressões artísticas (nomeadamente artes plásticas, escrita, movimento, etc) de forma a criar uma relação afetiva e criativa mais profunda com as canções.

Sugestões de exploração dos conteúdos do vídeo em casa ou em sala de aula:

A barca virou (1º ano) – criação de sonoplastia, fonomímica e memorização de nomes

  1. Depois de um pequeno aquecimento do corpo para ajudar à concentração do grupo (aquecer as articulações, fazer jogos de imitação rítmica e melódica), ensinar a canção com nomes de notas e com a Fonomímica Kodàli (legenda abaixo); pode ajudar usar uma nota pedal para acompanhar o processo de aprendizagem e ajudar a compreender a altura do som e a afinação.

  2. Aprender a letra da canção e cantá-la usando os nomes das crianças da turma. Esta pode ser uma boa canção para ajudar a memorizar os nomes das crianças no início do ano letivo.

  3. Experimentar criar um ambiente sonoro relacionado com a praia usando o corpo, pequenos objetos, materiais naturais trazidos de casa ou recolhidos durante as aulas.

  4. Experimentar cantar a canção enquanto exploram movimentos suaves que espelhem o caráter da música e a ondulação do mar.

  5. Dividir o grupo em dois: um grupo faz o ambiente sonoro, o outro canta e move-se de acordo com as indicações coreográficas descritas em baixo

  6. Se o grupo for grande e não permitir a passagem de todas as crianças durante a frase musical, podem experimentar preencher esse tempo com a repetição da palavra barca usando as notas sol e mi (como podem ver no vídeo).

Fonomímica Kodály

mãos kodali.png

Dispor as crianças num semicírculo de mãos dadas.

Estrutura

Letra da música

Coreografia

Primeira parte

Repetir até todas as crianças estarem viradas de costas (exceto das duas crianças das pontas)

A Barca virou

Deixá-la virar

Por causa da Maria que não soube remar

- A criança da ponta direita começar a caminhar, puxando o grupo para passar por baixo das mãos das duas crianças da ponta oposta

- A Maria deve ficar virada de costas com as mãos cruzadas à sua frente

Barca, barca, barca

Preencher o tempo com a palavra barca até todas as crianças passarem e voltarem ao seu lugar

Segunda parte

Repetir até todas as crianças estarem viradas novamente de frente

Se eu fosse um peixinho
E soubesse nadar

Tirava a Maria lá do fundo do
mar

Inverter o sentido da coreografia para todas as
crianças voltarem à posição inicial (a criança da ponta direita puxa o grupo e destorce a
fila)

Barca, barca, barca

Preencher o tempo com a palavra barca até todas as crianças passarem e voltarem ao seu lugar

Galinha pintada (4º ano) – jogo de coordenação, memória e coreografia

  1. Começar por desafiar as crianças a desenhar uma galinha e a observar as diversas partes que a constituem. Quanto mais criativos forem os desenhos, melhor. Galinhas coloridas, galinhas com padrões, galinhas super-heroinas, etc.

  2. Ensinar a canção procurando memorizar as quadras relacionando-as com os desenhos e sublinhando as rimas (bico/Machico, pescoço/tremoço, asas/brasas, moela/canela, patas/batatas). Colocar logo os gestos no refrão porque ajudam a memorizar.

  3. Estando a canção memorizada, acrescentar a coreografia das estrofes (todos dispostos em círculo): estrofes impares com ostinato rítmico, estrofes pares com passos saltitados de mãos dadas rodando o círculo para a direita (descrição em baixo)

  4. Começar a brincar com a supressão de palavras no refrão. Na versão do vídeo fizemos da seguinte forma: estrofe 1 todas as palavras; estrofe 2 suprimir as palavras dlim dlim dlão; estrofe 3 suprimir as palavras realejo e queijo; estrofe 4 suprimir violão e pão; estrofe 5 suprimir todas as palavras suprimidas antes e por fim repetir o refrão cantando todas as palavras novamente. Este é apenas um exemplo de como brincar com estas palavras, podem encontrar outra forma que seja ainda mais divertida e desafiante para a concentração e memória.

Dispor as crianças num grande círculo. As palavras assinaladas a vermelho são para não cantar. A verde
estão os
pés, a laranja as palmas.

Estrutura

Letra da música

Coreografia

Primeira estrofe

Já me deram pelo bico
Uma casa em Machico
Com isso não me contento
galinha p’ra dentro

Ostinato rítmico: pé direito à frente, pé esquerdo à frente, salto para trás, duas palmas

image.png
image.png
image.png
image.png
image.png

Primeiro refrão

Dlim dlim dlim dlão
Tenho um realejo que me ganha o queijo
Tenho um violão que me ganha o pão

Puxar cordas dos sinos para baixo (cada
mão 1 corda)
Imitar o movimento do realejo e levar
queijo à boca; Imitar movimento do violão
e levar pão à boca

Segunda estrofe

Já me deram p’lo pescoço

Uma saca de tremoço
Com isso não me contento
Xô galinha lá p’ra dentro

Circular saltitando para a direita de mãos dadas

Segundo refrão

Dlim dlim dlim dlão
Tenho um realejo que me ganha o queijo
Tenho um violão que me ganha o pão

Puxar cordas dos sinos para baixo (cada mão 1 corda)
Imitar o movimento do realejo e levar queijo à boca; Imitar movimento do violão e levar pão à boca

Terceira estrofe

Já me deram pelas asas
Um fogareiro em brasas
Com isso não me contento
galinha p’ra dentro

Ostinato rítmico: pé direito à frente, pé esquerdo à frente, salto para trás, duas palmas

Terceiro refrão

Dlim dlim dlim dlão
Tenho um
realejo que me ganha o queijo
Tenho um violão que me ganha o pão

Puxar cordas dos sinos para baixo (cada mão 1 corda)
Imitar o movimento do realejo e levar queijo à boca; Imitar movimento do violão e levar pão à boca

Quarta estrofe

Já me deram p’la moela
Uma saca de canela
Com isso não me contento
Xô galinha lá p’ra dentro

Circular saltitando para a direita de mãos dadas

Quarto refrão

Dlim dlim dlim dlão
Tenho um realejo que me ganha o queijo

Tenho um violão que me ganha o pão

Puxar cordas dos sinos para baixo (cada mão 1 corda)
Imitar o movimento do realejo e levar queijo à boca; Imitar movimento do violão e levar pão à boca

Quinta estrofe

Já me deram pelas patas
Uma saca em batatas
Com isso não me contento
galinha p’ra dentro

Ostinato rítmico: pé direito à frente, pé esquerdo à frente, salto para trás, duas palmas

Quinta estrofe

Dlim dlim dlim dlão
Tenho um realejo que me ganha o queijo
Tenho um violão que me ganha o pão

Puxar cordas dos sinos para baixo (cada mão 1 corda)
Imitar o movimento do realejo e levar queijo à boca; Imitar movimento do violão e levar pão à boca

Rainha dos mares (2º ano) – jogo de mãos e corda de saltar

  1. Começar por fazer um pequeno aquecimento para concentrar o grupo (aquecer as articulações, fazer jogos de imitação rítmica e melódica)

  2. Ensinar a canção e experimentar cantá-la com diferentes dinâmicas, velocidades e intenções teatralizando-a. Quando as crianças estão divertidas aprendem mais rápido.

  3. Aprender o jogo de mãos dois a dois, primeiro sem se baixarem. Depois experimentar em grupos de 3 com cada criança a baixar-se na sua vez. Depois dividir a turma em dois: um grupo canta a música, o outro faz o jogo das mãos. Por fim todos cantam e fazem o jogo das mãos. Podem experimentar fazer o jogo com todo o grupo em roda em pé ou sentados.

  4. Experimentar fazer o jogo da corda: duas pessoas dão à corda; cada criança de sua vez entra na corda saltando na pulsação da música, quando se diz “eu deitei o lenço à água”, atira-se o lenço ao chão; quando se diz “e voltei a recolher”, apanha-se o lenço do chão. A contagem “um, dois, três” serve para que a próxima criança se prepare para fazer entrar na roda. Enquanto dois dão à corda e um salta, os outros cantam e esperam pela sua vez ou cantam e fazem o jogo das mãos.

Letra da música

Jogo de mãos

Eu sou a rainha dos mares
Nem to
dos me podem ver
Eu deitei o lenço à água
E tor
nei a recolher
1 2 3

A cada sílaba a vermelho, baixa-se uma criança. Também corresponde a um valor rítmico mais longo.

Eu sou a rainha dos mares
Nem todos me podem ver
Eu deitei o lenço à água
E tornei a recolher
1 2 3

A verde as sílabas em que as mãos batem contra as do/s par/es. A laranja as sílabas em que batem as 3 palmas. A primeira das 3 palmas corresponde ao momento em que as crianças se baixam

image.png
image.png
image.png
image.png
image.png

Ai lim (3º ano) – canon e coreografia

  1. Começar por fazer um pequeno aquecimento para concentrar o grupo (aquecer as articulações, fazer jogos de imitação rítmica e melódica)

  2. Ensinar a canção e experimentar cantá-la com diferentes dinâmicas, velocidades e intenções teatralizando-a. Quando as crianças estão divertidas aprendem mais rápido.

  3. Aprender a coreografia, primeiro todos no mesmo círculo e na mesma direção. Saber a coreografia ajuda a
    compreender a estrutura da música (que frases se repetem, quantas partes tem, etc). Estando compreendida e memorizada, experimentar dividir o grupo em dois, colocando um círculo dentro do outro caminhando em sentidos opostos (um para a esquerda, outro para a direita). Por fim, experimentar cantar e fazer a coreografia em canon (cada círculo corresponde a um grupo)

  4. Experimentar fazer o jogo da corda: duas pessoas dão à corda; cada criança de sua vez entra na corda saltando na pulsação da música, quando se diz “eu deitei o lenço à água”, atira-se o lenço ao chão; quando se diz “e voltei a recolher”, apanha-se o lenço do chão. A contagem “um, dois, três” serve para que a próxima criança se prepare para fazer entrar na roda. Enquanto dois dão à corda e um salta, os outros cantam e esperam pela sua vez ou cantam e fazem o jogo das mãos.

Dispor as crianças em dois círculos, um dentro do outro. Cada grupo circula num sentido diferente: um para a direita, outro para a esquerda. Cada criança deve ter um par com quem vai fazer alguns movimentos.

Estrutura

Letra da música

Coreografia

Estrofe 1 - Primeira parte (2X)

Minha mãe mandou-me ao campo
Buscar braçadas de pinho

Circula para um lado

Estrofe 1 - Segunda parte (2X)

É de noite faz escuro
Tenho medo do caminho (2X)

Circula para o lado oposto e baixa o tronco
com a palavra medo

Refrão 1 (2X)

Ai lim ai lim ai
Olaré pum pum,
Toma lá, dá cá (2X)

Virados para a frente batem com o punho direito na mão esquerda; rodar os punhos em frente ao peito; esticar as mãos para o par e voltar a recolhê-las

Refrão 1 (2X)

Toma lá, dá cá
Toma lá este raminho
Muito bem te ficará

Esticar as mãos para o par e voltar a recolhê-las; dar as mãos ao par e rodar até voltar ao lugar inicial; a criança da direita primeiro roda para a esquerda (por fora da roda); na repetição do para a direita (por dentro da roda)

Estrofe 2 - Primeira parte (2X)

Minha mãe mandou-me à rua
Buscar um tostão de pão

Circula para um lado

Estrofe 2 - Primeira parte (2X)

É de noite faz escuro
Tenho medo do papão (2X)

Circula para o lado oposto e baixa o tronco com a palavra medo

Refrão 1 (2X)

Ai lim ai lim ai
Olaré pum pum,
Toma lá, dá cá (2X)

Virados para a frente batem com o punho direito na mão esquerda; rodar os punhos em frente ao peito; esticar as mãos para o par e voltar a recolhê-las

Refrão 1 (2X)

Toma lá, dá cá
Toma lá este raminho
Muito bem te ficará

Esticar as mãos para o par e voltar a recolhê-las; dar as mãos ao par e rodar até voltar ao lugar inicial; a criança da direita primeiro roda para a esquerda (por fora da roda); na repetição do para a direita (por dentro da roda)

Produção:

Cardo logo.png

Parceiro institucional:

9-Digital_PT_4C_H_FC_MC.PNG
Logo CMF e TMBD (preto).png
XARABANDA - Logótipo.jpg
LOGO da esacola de Santo Amaro_edited.pn