Ensemble

Cardo-Roxo

Cardo-Roxo, criado em 2012, é um ensemble dirigido por Antony Fernandes e Carmina Repas Gonçalves, cuja constituição varia com o carácter de cada programa. Dedica-se à descoberta, exploração e divulgação do repertório de tradição oral português e tem como ponto de partida as fontes musicais que sobrevivem até hoje em registos áudio, vídeo, partitura ou tradição viva. Mantendo as características identitárias destas recolhas musicais, e através da mistura de instrumentos antigos e tradicionais (nomeadamente violas da gamba, gaitas de fole, alaúde, percussão, etc), da exploração vocal, e da fusão estética (música tradicional/antiga/contemporânea), pretende criar uma sonoridade de grande originalidade e de surpreendente harmonia. A sua música apela a uma escuta ativa e ao silêncio enquanto desperta a memória coletiva levando o público numa viagem sonora que envolve e conforta. 

Realizaram já quatro edições discográficas de autor, dedicadas a diferentes temáticas: "Alvorada" (2015), "Vai-te Cuca" (2016), "Volto Já" (2017) e "No Monte das Oliveiras" (2019).